25 de junho de 2008

Barack Obama vai levar mesmo?

A crise econômica lá nos Estados Unidos está tão séria que Barack Obama pode vencer as eleições!!!! Que coisa, heim? Americanos votando em um negro com nome de terrorista!!!!! Se ele ganhar, por quanto tempo o deixarão viver?

24 de junho de 2008

Não era DOMINGO e não teve FRANGO ASSADO. Mas o papo foi bom

Eu, Bernardo, Francesco, Federico, Lucia e Maikulan

Neste mês recebemos em casa meu ex-aluno e ator de cinema Maikulan, Federico Mutti e sua namorada Lucia. Federico dirigiu Maikulan no curta Domingo Frango Assado. Numa tarde fria, tomamos juntos um café!!! Fato admirável, pois este encontro era pouco provável há alguns meses atrás... Tudo começou com uma conversa informal em sala de aula que eu tive com Maikulan.

Vejam como essa história começou. CLIQUE AQUI.

Pude ouvir a grande aventura de Federico na Bahia e muitas histórias engraçadas que aconteceram na produção do filme. Maikulan, hoje estuda no 1 ano do Ensino Médio e estou a procura de um curso de teatro para ele.

Saiba mais sobre o curta Domingo Frango Assado:
http://www.myspace.com/jacarefilm

23 de junho de 2008

Capitão São Paulo


O Capitão São Paulo luta contra o vilão Barão Moóca que deseja dominar toda a Zona Leste, o Cambuci e o Ipiranga. Os outros episódios também são muito bons. Pena que são poucos. Eles retratam o cotidiano pouco racional da Cidade de São Paulo que tanto amo e o jeitão inconfundível de seus habitantes. Muito engraçado, pelo menos para quem vive aqui em Sampa. Não deixe de conferir.



21 de junho de 2008

Versalhes: Tratado de Paz ou Tratado de Guerra?

Um Tratado de Paz que provoca uma guerra... Pode isso? Coisas do homo sapiens sapiens (muito de homo, pouco de sapiens).
É o que foi o Tratado de Versalhes que pôs fim à 1ª Guerra Mundial. Ele obrigou a Alemanha a se reconhecer como responsável pelo conflito, além de impor pesadas indenizações ao país. Assim, a paz pretendida teve efeito contrário!

É claro que nos 6 meses de elaboração do tratado franceses e ingleses sabiam que tais imposições não promoveriam um paz duradora.

Diante dos efeitos da guerra, os franceses queriam se assegurar de que não seriam mais prejudicados pelos alemães por perdas humanas (1,5 milhão de mortos) e materiais. Julgavam que os alemães deveriam arcar com a destruição das fábricas, das minas e da infra-estrutura das cidades. Seria injusto os franceses bancarem com a reconstrução do país sem que os alemães tivessem parcela nisso. O problema é que exageraram na dose.

Já os ingleses ficaram com toda a frota de guerra da Alemanha e garantiram que com o tratado os alemães perdessem todas as suas colônias.

Mas é certo dizer que as imposições humilhantes direcionadas aos alemães no Tratado de Versalhes eram estimuladas mais pelos franceses que pelos ingleses.

Dentre outros aspectos, o Tratado de Versalhes previa:

  • A devolução da Alsácia e Lorena para a França;
  • A entrega de minas alemãs aos franceses;
  • A divisão do território alemão formando um corredor para que a recém Polônia tivesse uma saída para o Mar do Norte;
  • A redução do exército alemão para 100 mil homens;
  • A limitação de armamentos e munições;
  • A Alemanha deveria entregar aos vencedores todos os acusados de cometerem crimes de guerra;
  • Os alemães teriam de restituir animais e qualquer objeto perdido durante a guerra;
  • A Alemanha teria de fornecer à França 7 toneladas anuais de carvão mineral durante 10 anos;
  • Os alemães teriam de pagar um indenização de 20 milhões de marcos aos vencedores até 1921.

É claro que o povo alemão ficou profundamente indignado com todas estas condições. O tratado foi imposto sem que eles tivessem qualquer participação durante os 6 meses em que foi elaborado. As humilhações foram um terreno fértil para os discursos ultra nacionalistas de Adolf Hitler, o que explica a rápida ascensão do Partido Nazista no período entre guerras.

16 de junho de 2008

O problema é o calção

Foi o tempo em que eu era alucinado por futebol... Não sei a escalação do corinthians há muitos anos... Ontem, quando o Brasil perdeu para o Paraguai por 2 x 0, lembrei-me das palavras do meu tio Juarez, já morto: "Brasil com calção branco e camisa amarela, dá azar, só perde...."
De fato não é uma boa combinação. Mas, se o Brasil perder na quarta para a Argentina, fico imaginando o que o meu tio diria... Ah, um PALAVRÃO.

13 de junho de 2008

O rato Jeremias

Aluno vive pedindo aula diferente. Porém, no Estado, as aulas diferentes são impraticáveis por uma série de razões que eu não vou ficar lamentando agora. Mas hoje, aconteceu uma aula bem diferente! Apareceu um rato no telhado do primeiro andar no lado de fora da sala. Todos foram para a janela e deram até o nome de Jeremias para o ratão. Na escola pública é assim: os ratos tornam as aulas diferentes.

2 de junho de 2008

Virando picolé

Meu Deus!!! Que frio é este? Aqui em Sampa está demais!!! Para onde foi o aquecimento global???