18 de março de 2008

O encontro dos índios com os portugueses

Foi mais ou menos assim. Bem lá longe, em meio ao imenso mar azul, surgiu um pontinho branco que foi crescendo e crescendo… Quanto maior ficava, maior era a movimentação na praia. “O que seria aquilo?”, perguntavam uns aos outros. “De quem poderia ser aquela canoa gigante?” Alguns arriscavam uma resposta: “É a deusa Maíra que veio do mar!” Surpresos, todos permaneciam ali paradinhos com os olhos arregalados! Jamais tinham visto coisa parecida. “Mas, se são mesmo os deuses, o que querem de nós?” Silêncio absoluto.
Os portugueses, exaustos e famintos depois da longa viagem, aproximam-se num pequeno barco trazendo no corpo as feridas causadas pelo escorbuto além do terrível mau cheiro dos vários dias sem banho. Os índios, ao verem aquela estranha criatura com panos sobre corpo e pêlos nas faces, exclamaram: “Como são feios! Não são deuses, são demônios!
Foi assim que Darcy Ribeiro comentou como foi o primeiro contato entre índios e portugueses. Apesar da brincadeira, o antropólogo e educador falava da quebra de expectativa que aconteceu neste estranho encontro. Os índios teriam se desencantado logo. Já os europeus, observando os corpos robustos e bem feitos dos homens e, sobretudo, a beleza das índias todas nuas ficaram deslumbrados. Depois de meses navegando sem ver uma mulher, imaginem o impacto provocado por aquela visão paradisíaca... nove meses depois dos portugueses pisarem nas areias da praia, nasceu o primeiro brasileiro...

19 comentários:

Thaiza Montine disse...

huahuahuahauhua!!
Adorei a forma divertida!
^^!
Quem dera meus[as] professores[as] de História tivessem tido tão bom humor para relatar as coisas!Talvez a escola tivesse sido mais proveitosa e menos cansativa.
Sempre acabo passando por aqui, Daniel, só não costumava comentar constantemente, mas agora fiz algo que deveria ter feito há teeeeeempos, te adicionei nos links do meu blog, agora dá p vir mais assiduamente e, claro, comentar! hehe!!
Abraços e muito sucesso!
Seu blog é único!!
Parabéns!

Professor Daniel disse...

Thaiza
Agradeço muito suas palavras e sua visita. Esta visão sobre o descobrimento aprendi lendo O POVO BRASILEIRO do Darcy Ribeiro. Aí dei uma adaptada para atrair a atenção dos alunos.
Um abraço, Daniel.

Douglas Orestes Franzen disse...

Olá Daniel, se me permite vou utilizar este texto em sala. Até

Professor Daniel disse...

Ô Douglas, manda vê. nem precisa pedir!

Izadora disse...

eu adorei ...daniel vou utilizar este
texto em sala de aula...!

Izadora disse...

izadora

eu adorei ...daniel vou utilizar este
texto em sala de aula...!

Belle-Époque disse...

Que bom que eu encontrei algo falando do encontro com índios e portugueses... Tenho que fazer redação - -'
Mas adorei a postagem, um tanto divertido e que certamente prendeu a minha atenção. Acho que merece ao menos um comentário porque eu ri horrores xD

Beijos,
EUQOPÉ-ELLE3

Alexandre disse...

muito bom criativo e muito enpolgante,parabens excelente.

Anônimo disse...

nossa bem enteresante eu apenas tenho 12 anos mas adoro ler coisa que aconteseram ha muito tempo atras tchal

andreza disse...

muito bom e criativo
isso que é aprender de uma forma
divertida valeu~

Anônimo disse...

hmmmmm....naum gostei nem um poiku!!, chatoo

Anônimo disse...

é legal mais precisa melhorar

daniela
professora de historia

vagner disse...

foi legal mas não foi brincadeira o que aconteceu conosco no contato nem com o passar dos anos.

Anônimo disse...

Muito bom esse texto, já tenho algo para apresentar !!! kkkkkkkk

nickinha!!! disse...

nicole,

Ae Daniel, gostei do texto, agora consegui terminar meu trabalho!!
Eu so tenho 10 anos, mas me interessei bastante!!

beijinhos:Nini!!

nicole!!! disse...

Nicole,

Gostei muito do seu texto, agora ja tenho um trabalho de historia prontinho para apresentar.
So tenho 10 anos, mas me interessei muito sobre o seu texto, voce é um otimo professor!!

Beijinhos:Nicolinha!!

Anônimo disse...

Adorei O Seu Texto,Vou Usar Ele No Meu Trabalho,Show De Bola Professor Daniel!!!!!! Adorei Mesmo!

Anônimo disse...

amei o texto usei ele no meu trabalho de Historia :) muito legal :)

Anônimo disse...

Acho que não fala sobre muita coisa. Não me esclereceu muito sobre o assunto.